24 de jan de 2010

Flora Purim - Open your eyes, you can fly

Há alguns meses, fiz uma postagem em outro blog que também organizo, Jossa Blog, apresentando uma excelente cantora brasileira, que infelizmente nunca alcançou fama no país: Flora Purim. Hoje, atendendo a pedidos, disponibilizo aqui uma de suas melhores obras: Open your eyes, you can fly.
Flora Purim iniciou sua carreira com os artistas da bossa nova. Todavia, não obteve grandes resultados em tal estilo. Anos depois, acompanhada de seu marido Airto Moreira, viajou para os Estados Unidos e investiu em sua carreira no jazz. No exterior, o ritmo de suas canções, carregadas de batidas latinas, encantou milhões de pessoas, tornando Flora uma das melhores cantoras de jazz e permitindo que ela ganhasse vários prêmios pelo seu trabalho.
Tal reconhecimento não se deu sem motivos obviamente: detentora de uma belíssima voz, Flora Purim sempre buscou os melhores músicos para acompanhá-la. Além de Airto Moreira, que a acompanha desde seu segundo trabalho, Flora já foi acompanhada por outros grandes nomes: Dom Um Romão, J. T. Meirelles, Rosinha de Valença, Wagner Tiso, Stanley Clarke, Carlos Santana, Jaco Pastorius etc.
O álbum aqui apresentado não é exceção. Entre os músicos que participam de tal obra, podemos citar: Ron Carter, David Amaro, George Duke, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti e, é claro, Airto Moreira. Na verdade, temos aqui um grupo de músicos que se conhecem bastante; os mesmos já haviam participado, em conjunto, de diversas outras obras. Tal interação permitiu que todos os trabalhos realizados pelo grupo alcançassem uma alta qualidade, garantindo o sucesso destes no exterior.

-V.S.-

http://www.mediafire.com/?kdo2q1mzy1z

21 de jan de 2010

Jagga Jazzist - One-Armed Bandit

Jagga Jazzist é um coletivo sonoro Noruêgues, encabeçado pelos irmãos Martin e Lars Horntveth ( que também participam da banda norueguesa The National Bank), que mistura um pouco de jazz, com um pouco de música eletrônica e com um pouco de rock. A banda Jagga Jazzist costuma ser associada ao rótulo "nu jazz", que surgiu quando alguns jazzistas nos anos setenta, entre eles: Herbie Hancock e Miles Davis, começaram a misturar elementos eletrônicos ao Jazz. É da fusão destes três estilos musicais, que se decantaram e se mistuaram tanto com o passar do tempo, que os Jagga plasmaram sua sonoridade. A evolução não linear destes três segmentos da música, sobretudo do jazz, nos deixam reticentes quanto às condições de possibilidade de uma taxação precisa. Podemos até dizer que esses segmentos se ramificaram em forma de leque em vários momentos da história, propocionando uma sensação de desorientação ao percebermos a presença concomitante de conjuntos musicais/músicos situados num mesmo período e agrupados sob a mesma etiqueta e que soam de modo tão diverso. O que nos permite amontoar um bocado de coisas sob o mesmo conjuto ? Se os seus epifenômenos são inacessíveis, que intuição é essa que tenho ao agrupá-los? Que relação entre uno e múltiplo permite tal expansão?
http://hotfile.com/dl/25174527/dfeaa6f/ondearmedbandit.zip.html
- Biu -

16 de jan de 2010

John Coltrane - Om


Gravado três meses apos a gravação do álbum Ascension, Om é uma clara referência a silába sagrada dos hindus cujo sentido oscila entre o infinito e o universo. O próprio Coltrane descrevia Om como: a primeira sílaba, a primeira palavra e como palavra de poder. Eis o sentido de Om nas palavras do Coltrane: "Om means the first vibration - that sound, that spirit that sets everything else into being. It is the Word from which all men and everything else comes, including all possible sounds that man can make vocally". É sob este signo que Coltrane emprega uma liberdade timbrística e melódica ímpar. O primeiro impulso da infidável exploração.
- Biu -

11 de jan de 2010

Lotus Eaters - Mind Control for Infants


Segundo álbum da banda formada pelo trio: Aaron Turner, Stephen O'Malley e James Plotkin. Mind Control for Infants, lançado em 2002 pelo selo Neurot Recordings, é resultado de uma aspiração por uma expressividade inserida nos campos da música eletroacústica. A liberdade de timbres possibilitada pela música eletroacústica surge no trabalho do trio de modo lento, como as mudanças que ocorrem nos matizes de cores do céu durante o ocaso. Talvez seja um portefólio interessante para sinestésicos.

http://hotfile.com/dl/23848965/0dd36e3/Lotus_Eaters_-_Mind_Control_For_Infants.rar.html

- Biu -